FAKE NEWS, O QUE É.



Com objetivo de promover uma ampla discussão sobre o uso de Fake News no processo eletivo desse ano a Associação  Brasiliense dos Blogueiros de Política do Distrito Federal - ABBP promoveu seminário sobre o assunto esta semana, na sede da OAB.

O seminário iniciou com a palestra “Fake News em tempos de Redes Digitais, uma abordagem histórica” proferida pelo doutor em comunicação, e professor dos cursos de jornalismo da Universidade Católica e da UNB, Alberto Marques, que coordena importante projeto de pesquisa “Verificação dos conteúdos produzidos por cidadãos: análise e sistematização das rotinas jornalísticas”, financiado pela FAP.
O palestrante discorreu sobre o aparecimento do fenômeno Fake News, suas consequências e o esforço que está sendo feito para minimizar os problemas que esta prática tem trazido para pessoas, organizações, industrias, comércio e classe política.
   
Outro tema abordado foi sobre "Projeto de Lei (PL) 1928/2018", que pune a produção de Fake News no DF, de autoria da Deputada Telma Rufino, e foi explanado pelo assessor legislativo do gabinete, representante da parlamentar, sobre a importância e a necessidade do projeto, uma vez que a Lei Federal neste sentido determina que cada estado e o Distrito Federal legislem a respeito. Está aguardando a regulamentação do governo do DF.

O eminente desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) Jackson Di Domenico abordou o tema “Desafios da Propaganda Eleitoral’, e na ocasião falou sobre o que pode ser feito, o que não pode, crimes eleitorais, prazos estabelecidos e as sanções que o TRE vai usar em caso de não obediência às determinações já previamente estabelecidas e divulgadas.


Lilian Tahan, diretora de redação do portal de notícias Metrópoles foi outra personalidade que debateu o importante tema “Impacto do Fake News no Jornalismo”, onde relembrou as consequências que a divulgação de notícias mentirosas, os famosos Fake News, trazem tanto para a imagem de quem foi agredido com inverdades, quanto para a credibilidade do veículo de comunicação ou jornalista que fez a referida divulgação. Relembrou ainda que a população gosta de compartilhar notícias ruins, e que as retratações de erros cometidos pela imprensa geralmente são pouco compartilhadas nas redes sociais e nos WhatsApp.


 A Policia Federal se fez presente no evento com a palestra proferida pelo vice-presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ANDPF), Luciano Soares Leiro, que palestrou sobre a “Atuação da Polícia Judiciária para inibir as Fake News no processo eletivo de 2018”. Na ocasião o delegado deixou clara a necessidade da existência de maior apoio e de melhores projetos de leis que realmente ajudem a resolver a criminalidade no Brasil, independentemente da questão política ou econômica do réu. “Urge celeridade e reordenamento das leis, dos pareceres, da tramitação dos processos no poder judiciário” finalizou o delegado federal

Todos os palestrantes se colocaram à disposição do público e responderam aos mais diversos questionamentos.

 A ABBP está de parabéns pelo evento.
 Saiba mais no portal http://portalabbp.com.br/

Que outros Seminários deste porte venham logo, porque a verdadeira transformação da política brasileira só acontecerá quando políticos, mídia, judiciário, eleitores, enfim quando a população entender que todos temos um papel relevante no processo eleitoral e que só assim poderemos mudar o Brasil.

MCLNetto
21/05/2018

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog